Recomendações ao adotante

Sugestões de cuidados com seu animal

Se você acabou de adotar um animal. Parabéns! Lembre-se que ele é inteligente, ativo e se souber lidar com ele, respeitar sua natureza e lhe dar carinho e atenção da maneira correta, ele se tornará facilmente um amigo e saberá ser companheiro e amoroso.

 

Disciplina

Nós encorajamos as pessoas a serem líderes para seus animais, disciplinando, orientando, corrigindo quando fazem algo errado e os elogiando, dando carinho e petiscos quando eles tem comportamentos desejados.

Caso necessário, consulte um adestrador ou utilize técnicas como: Enrolar folhas de jornal e fazer um “taco”. Quando ele tiver um comportamento não desejado, bata no chão, com o jornal dobrado e diga um Não com bastante firmeza. O cão vai associar o barulho (cães não gostam de barulho) ao Não (em alguns casos não funciona). Outra técnica é a do spray de água. Você pode usar um frasco de desodorante ou vasilhame que contenha uma tampa spray. A cada comportamento errado, você pode espirrar água nele. Ele se assustará com o jato inesperado e com o tempo em mais de 90% dos casos ele deixa de ter o comportamento indesejado. Nunca bata em seu animal. Ainda mais em um bichinho que provavelmente já sofreu muito nas ruas.

 

Exercícios

Além de disciplina, tanto gatos quanto cães precisam de bastante exercício (excetos alguns animais idosos ou especiais). O exercício pode se dar através de passeios, treinos de obediência, treinos de inteligência, brinquedos, brincadeiras e de outras formas. No caso dos cães por exemplo, você pode esconder petiscos para seu cão procurar pela casa enquanto você não estiver. Mas lembre-se que nada substitui um bom passeio.

 

Guia e coleira

Quando for passear com seu animalzinho use sempre coleira e guia. Isso pode prevenir problemas sérios, como ataque de outro cão, atropelamento, fuga e muitos outros. No caso de passeios de carro, a caixa de transporte é mais indicada, mas o uso de cinto de segurança para cães também pode ser uma alternativa excelente pra quem não quer deixar seu animal na caixa ou para aqueles que não a utilizam.

 

Alimentação

Sugere-se que a alimentação dos animais de estimação sejam realizadas em duas doses diárias de ração de boa qualidade (Pedigree, K&S, Royal Canin-Performace, Eukanuba, Premier, Hills etc). Uma boa ração deixa o animal muito mais resistente a doenças. É preciso também deixar sempre água limpa e à vontade perto de sua casinha ou cama.

Evite deixar os potes de água e ração próximos do lugar onde eles fazem as necessidades ou dormem. Eles costumam não fazer próximo destes locais e podem escolher outro local indesejado.

 

Banho e tosa

O banho pode ser mensal. Muito cuidado com o uso de shampoos muito perfumados: os cães são muito sensíveis a cheiros fortes. Os gatos normalmente já fazem o trabalho de tomar banho sozinhos. Eles passam horas se lambendo e fazendo a própria higiene.

Procure sempre observar a pelagem e a pele do seu animal. Caso verifique algum machucado, irritação procure um veterinário o quanto antes. O momento pós banho é um bom momento para verificar se está tudo Ok com seu bichinho.

Alguns animais podem precisar de tosa periódica. Busque saber com um veterinário se é o caso do seu animal. Além do aspecto da higiene, a tosa pode proporcionar em muitos casos sensação de bem estar no animal.

 

Vacinação e outros cuidados

É muito importante que os animais tomem as vacinas óctupla, a anti-rábica e a Leishmune anualmente e na data prevista, além do remédio para vermes de seis em seis meses. Outra medida fundamental de prevenção da Leishmaniose, e até mesmo de parasitas externos, é o uso da coleira Scalibor, que deve ser trocada a cada quatro meses, logo após o banho. Se mesmo assim aparecer algum carrapato, é bom prestar atenção nas semanas seguintes, pois ele poderá desenvolver uma doença do sangue, ficando anêmico e fraco. Sabendo-se disso antes, o tratamento é fácil e barato.

Outra dica muito importante: nunca faça o exame de Leishmaniose pela Prefeitura, pois existem sérios problemas nos procedimentos por ela seguidos. O importante é proteger seu animalzinho com a coleira Scalibor e, se possível, com a vacina Leishmune.

Continue cuidando direitinho de seu pet e dificilmente ele terá alguma doença.

 

Adaptação e desistência

Em caso de dúvidas, imprevistos ou desistência da adoção, não tenha receio de entrar em contato com a Rockbicho.org através do site, do email contato@rockbicho.org ou com o seu contato responsável pelo processo de adoção ou lar temporário.

Caso você não tenha se adaptado ao animal durante as primeiras semanas, podemos encontrar outro bichinho que se adapte melhor a sua casa, a sua rotina e seu estilo de vida.

Em hipótese alguma abandone seu animal nas ruas. A partir do momento que você tem a guarda temporária ou permanente de nosso animal você é o responsável legal por ele.

 

Desejamos que vocês tenham uma vida recheada de alegria, diversão, aventuras, momentos únicos e transformadores. Sejam muito felizes juntos!

Cães e gatos para adoção

Deixa que eles te escolhem.
mais animais para adoção

Blog

Fique ligado em novidades, eventos e diversas curiosidades sobre o mundo animal.
ver mais no blog

Cadastre-se

Receba novidades sobre a rockbicho.org

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

Rockbicho nas redes sociais

Ajude-nos a divulgar a nossa causa

Parceiros

Conheça alguns parceiros da nossa causa. Faça parte você também!
logo-98fm
logo-agenciasurf
logo-loboalfa
logo-verdelimao
marca-hvu24h
logo-netscanner
logo-juju
logo-animalle
Sem Título-1
Logo CastraPet BH